segunda-feira, 11 de julho de 2011

RESENHA - Hammerfall - Infected


Finalmente depois do fraco No Sacrifice no Victory, o Hammerfall volta com TUDO nesse álbum que para banda é Revolucionário; Revolucionário por que?
O Hammerfall aprendeu que uma banda que fica na mesma linha sempre um dia falha e a falha no mercado musical pode significar muitas vezes o Fim de uma banda, Fugindo dessa regra que algumas bandas sofrem, o Infected mostra um Hammerfall praticamente Novo mas ao mesmo tempo Conhecido... O Vocal marcante de Joacim Cans se mostra bem adaptado a um metal Menos melódico e mais Tradicional, Os novos integrantes se mostram muito mais presentes nesse álbum também






Infected mostra temáticas não muito diferentes, Luta pela sua Liberdade, Luta pela Vida e por um futuro melhor, eles só fizeram puxar para um lado mais agressivo e diria sombrio.
O Álbum abre com a boa Patient Zero  a letra faz uma narração/metáfora com a sociedade que vivemos. Falando que as pessoas que não aceitam o mundo como está são como Zumbis! Mas ele não está sozinho... do zero começa a contagem. A Música mostra bem a linha do Album ou seja se você não gostar dessa música não gostará do resto do álbum (provavelmente)

Seguindo com B.Y.H – Bang Your Head; Uma música no melhor estilo manowar, fazendo apologia a figura do Headbanger, eu em particular gosto muito disso pois eu sinto que Falta muito isso no metal! “Bang your Head- Stay United!” Bata sua Cabeça Permaneça Unido! A música também faz uma apologia aos “Templars – Templários” que são o nome dado aos fãs do Hammer. A Música em si tem uma Pegada Foda! Direta e Com elementos já conhecidos da banda como passagens melódicas. – Concerteza uma das melhores do Álbum!

One More Time – A musica escolhida para ser Clip do álbum. A Letra fala sobre Lutar Uma Vez Mais contra o Mal... é por ae! Kkkkkk A Música em si como já falei Tem elementos Novos mas predomina um Ar de Hammerfall da época do glory to the brave, Música muito Interessante pelo seu refrão facílimo de pegar faz ela uma boa escolha para clipe - http://www.youtube.com/watch?v=3i7H1--JxVw

The Out Law – Fala de uma pessoa que tem um ideal diferente das outras pessoas. E por isso acaba sendo Condenado e entitulado um Fora-da-Lei , musicalmente ela é bem... comum xD cadenciada e com um refrão pegajoso. Coisas que qualquer fã do hammer ta acostumado já.

Send me a Sign – Um Cover da banda “Pokolgép” que é da Finlândia e canta em sua língua original é a Música Bônus do álbum, em inglês com a voz de joacim cans ficou eu diria Melhor, uma bela música de uma banda desconhecida e a única balada do álbum http://www.youtube.com/watch?v=BYPii7w6f88

Dia de Los Muertos - retorna o Clima pesado e macabro do álbum sua letra fala de basicamente o dia de Finados dos mexicanos que é a honra e a celebração daqueles que se foram só que com um tom de Batalha na letra em questão. com um riff muito foda uma Cozinha Matadora e algumas frases em espanhol essa se torna uma música que você fará questão de escutar de novo!

I Refuse é outra música muito boa, novamente a cozinha se mostra bastante presente e um pouco grooveada, a letra fala de Literalmente Recusar! Tudo aquilo que querem te fazer ser e acreditar. Um solo ótimo e uma musica muito diferente do padrão do Hammerfall.

666 – The Enemy Within a música abre com um “riff” de Teclado, que vai tentar ficar na sua cabeça até certo momento por que essa música literalmente dá uma reviravolta, a letra despretensiosa fala de uma pessoa que foi amaldiçoada, ajuda a manter o clima tenebroso do disco.

Immortalized - fala de um anjo caído que basicamente vaga pela terra mas não pode morrer e tem a entrada do céu negada, a letra também diz que outros anjos como ele negados se tornam anjos do Inferno e o 1° renegado se torna um Líder. Otimo Solo mas além disso é uma musica que passa batida.(afinal é o hammerfall sempre tem uma musica assim no álbum)

Let’s Get it On – abre com um tipo de narrador empolgando o Publico , uma letra a lá manowar novamente falando o que todo Banger deveria sentir e fazer num show. Anos 80 total a musica como já disse antes esse álbum é bem diferente mas foda ao mesmo tempo música notável http://www.youtube.com/watch?v=6pP2BOrzOIw Música feita para ser tocada ao vivo com os Clássicos gritos do publico de fundo “GET IT ON!” xD

Redemption – Joacim canta num tom totalmente diferente de qualquer outra música do hammer nessa música. Uma musica assim como o vocal interpreta, bem melódica, a letra é como uma busca por sabedoria e me remeteu a Hector acho que para os fãs que sentiram falta do mascote da banda que sempre ilustrava as capas e agora ficou forever alone.



Pra você que leu isso tudo e chegou até aqui, MUITO OBRIGADO, Sério mesmo, essa é a minha 1° resenha de algum álbum e tomara que venham muitos tudo vai depender de você! Comenta no site o que você achou É Muito importante pra mim! Continuem Acessando o WWW.brigadaheadbanger.blogspot.com e até a Próxima!
COMPREM O ALBUM ORIGINAL. ! 

Por - @Lucca_Heavy

Marcadores: ,

2 Comentários:

Blogger Tato Menezes disse...

Mermão... li tudo, baixei o album e escutei todas as musicas... hammerfall é igual em todos os albuns, desde o nascimento até a morte, não muda neeeeeem se o cu cair da bunda... revolucionário não é uma boa definição, esse novo cd ta "bem feito" somente.

13 de julho de 2011 06:34  
Anonymous Anônimo disse...

Esse disco é do caralho! Muito foda mesmo!

17 de agosto de 2011 17:31  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial